>>>20 lugares para visitar com 20 anos

20 lugares para visitar com 20 anos

A viagem não depende só do destino. Há lugares que devem ser experimentados com a mente e o coração de um jovem de 20 anos.
S

e ainda não fizeste 30, então estás de parabéns! Não conheces o verdadeiro significado da palavra ressaca (acredita, não conheces) e ainda tens energia para carregar com a tua mochila, dormir mal (mas barato), fazer turismo de manhã e sair à noite. Assim, aproveita e visita estes 20 lugares agora. Se fores depois, não será a mesma coisa.

1. Berlim (Alemanha)

Vai interessar-te porque é a capital mundial da festa e do underground. Vais gostar porque verás pessoas e lugares que nunca tinhas imaginado. Mas o melhor de Berlim é aprender História sem dar por isso.

2. Copenhaga (Dinamarca)

Ainda és suficientemente jovem para desfrutar como uma criança, explorando de bicicleta os canais desta cidade. Visitar o Tivoli, um parque de diversões com mais de 170 anos, pode ser a tua última oportunidade de andar numa montanha-russa.

3. Budapeste (Hungria)

A capital hipster da Europa irá surpreender-te com a sua beleza. Nos seus ruin bars vais sentir-te um pouco como em casa da tua avó, mas de copo na mão. E poderás “tomar” uma sparty num balneário centenário, como o de Szechenyi.

4.Barcelona (Espanha)

É um must em qualquer idade, mas aos 20 tem a vantagem de poderes comer umas tapas durante o dia, sair para a diversão noturna e dormir na praia de manhã. Não percas o Born, o bairro mais cool do momento.

5. Dublín (Irlanda)

Esta cidade tem uma das bibliotecas mais bonitas do mundo, a do Trinity College, e uma das fábricas de cerveja mais antigas, a do Guinness. Precisas de mais razões?

6. Bruxelas (Bélgica)

Chocolate em abundância. Centenas de variedades de cervejas diferentes. Bancas de batatas fritas em cada esquina. Como ainda não tens de te preocupar com os triglicéridos, Bruxelas fará as delícias do teu paladar e da tua vista. Maravilha-te com a arquitetura da Grand Place.

7. Paris (França)

Estar apaixonado aos 20 é viver pela e para a paixão. E não há melhor lugar para desfrutar de La vie en rouge que, precisamente, a cidade do amor. Poderás regressar muitas vezes às suas calçadas, mas a recordação que guardarás de Paris será, sempre, a desse primeiro amor.

8. Porto (Portugal)

Uma cidade encantadora e low cost. No famoso bairro da Ribeira podes começar a descobrir os prazeres do vinho. Sim, é hora de começar a apreciá-lo, pois em breve não quererás beber outra coisa.

9. Havana (Cuba)

Não é porque vais fazer 30 anos sem te aperceberes, é porque deves visitar Havana sem demora. Já começou a sua transformação, mas ainda estás a tempo de conhecer a decadência caribenha, com aroma a charuto cubano e sabor a rum, pela qual Hemingway se apaixonou.

10. Croácia

Dubrovnik é o “Desembarque do Rei’. Só isso não chega, a Croácia tem as praias mais limpas e animadas do Mediterrâneo, como Zrce, meca da diversão. Tem também mais de mil ilhas e cidades medievais mágicas, como Split.

11. Tailândia

A viagem dos mochileiros por antonomásia começa na caótica Banguecoque e prossegue entre praias, templos e múltiplos sorrisos de desconhecidos. O lado mau de visitar o país em jovem é que, depois disso, poucas praias te surpreenderão. Se a tua visita coincidir com a lua cheia, não percas a mítica Full Moon Party em Ko Pha Ngan.

12. Amesterdão (Holanda)

À noite há festas para todos os gostos. De dia, não te cansarás de percorrer os canais de bicicleta. As gargalhadas nervosas no bairro vermelho e nos coffee shops serão o melhor da viagem.

13. Londres (Reino Unido)

“Que linda é a tua t-shirt”. “Obrigado, comprei-a em Portobello Road/Camden Town”. Se não puderes responder isto, então não estás na onda. Além disso, nenhum viajante que se preze pode prescindir de Picadilly Circus, Hyde Park ou Trafalgar Square.

14.Las Vegas (Estados Unidos da América)

Não saias a correr ao fazer 20 anos. Espera até aos 21. Porque então serás maior de idade nos Estados Unidos da América e poderás entrar nas macrodiscotecas e nos casinos. Ou que outra coisa ias fazer a Las Vegas? Pois bem: libertar-te na Party Brunch de LAVO ou a andar de buggy pelas dunas do deserto do Nevada.

15. India

A mística deste continente mágico chamará por ti durante toda a vida. Desde o bulício de Bombaim à tranquilidade de Munnar, passando pelas festivaleiras praias de Goa. Mas é uma viagem mais “digerível” aos 20. É toda uma lição de vida que convém aprender sem demora.

16. Sidney (Austrália)

Ambiente cosmopolita nos arredores da Ópera. A poucos passos, na praia de Bondi Beach, surfistas bronzeados e artistas hippies. Sidney é a primeira cidade a saudar o Ano Novo e fá-lo em fato de banho.

17. Rio de Janeiro (Brasil)

Cura a ressaca nas praias de Copacabana ou de Ipanema. Passa um Natal de biquíni a dançar samba. Vê o carnaval do Rio e poderás dizer que já viveste o suficiente.

18. O Caminho Inca (Peru)

Os 43 quilómetros desta rota vão de Cuzco a Machu Picchu. A melhor forma de usufruir da caminhada e das suas paisagens é ter a energia dos 20. Prepara-te para madrugares, para centenas de escadas e para paisagens que nos deixam sem fala.

19. Ruta 66 (Estados Unidos)

Outra rota mítica imprescindível. Pensarás que é prática, porque vais de carro, mas os teus rins, até com 20 anos, vão provar-te o contrário. De este a oeste são quase 3860 quilómetros.

20. Ibiza (Espanha)

É o epicentro das festas no mundo: em discotecas como Pachá, Amnesia ou Ushuaia, põem discos os melhores DJ e dança-se o top do mundialmente famoso. E se não gostares, as enseadas de água cristalina farão com que esqueças que és um “bicho raro”. A Madonna já diz isto há muito tempo: Ibiza é La Isla Bonita.

Artigos relacionados

Diga-me a idade que tem e eu dir-lhe-ei como viaja

Não se viaja da mesma forma aos 20 ou aos 50. A boa notícia é que à medida que perdemos...

Conduzir como um pássaro pelo fiorde de Geiranger

Uma estrada de asfalto serpenteia pelas montanhas e pelas cascatas, com vistas deslumbrantes para os fiordes. São 106 quilómetros de...

Deus pôs o Oeste no Monument Valley

Utah e Arizona partilham o Monument Valley, mas este pertencerá sempre a John Ford que, mesmo não tendo o gatilho...

Hostels onde desejará dormir acompanhado

Cada vez mais os hostels atraem todo o tipo de turistas e não só os mochileiros. E não é que...