>>>A catedral do vinho

A catedral do vinho

As paredes da adega Solar de Samaniego (Laguardia, Álava, Espanha) quase falam. As colunas das antigas caves de cimento, com mais de 10 metros de altura, ganharam vida graças ao muralista Guido Van Helten. Nestas, o artista australiano retratou sete personagens da região, ilustrando os processos de criação da literatura e do vinho.

O de Rafael Bauza, um empregado da adega há 40 anos, é o primeiro rosto com o qual o visitante se depara. Aproveitando as irregularidades do cimento e a sua textura para definir os traços, Van Helten conseguiu dar vida a um lugar até agora abandonado. O seu objetivo é “captar as pessoas através do retrato e dos elementos humanos e combiná-los com espaços industriais”. “Quero que as figuras se ergam como estátuas numa catedral, que acredito ser um espaço belo, onde entrar e observar”, assegura. O projeto foi batizado como “A catedral do vinho” e faz parte do amplo programa enocultural desta adega de Álava, intitulado “Beber entre linhas”.

Artigos relacionados

Ibiza torna-se íntima

A capital mundial da festa pode transformar-se num oásis só para dois. Mostramos-lhe o lado menos conhecido da ilha da...

É o ano de comer Huelva

Chocos, presunto, camarões, morangos, vinho… Huelva foi nomeada “Capital Gastronómica Espanhola 2017”. Por isso, venha sentar-se à mesa: o banquete...

A Costa do Sol e as suas aldeias de cartão-postal

A província de Málaga está repleta de reluzentes aldeias, típicas das regiões mediterrânicas. Frigiliana, Casares, Nerja… Descobrimos a rota da...

Pátios de Córdova, a beleza do efémero

Quando chega o mês de maio, Córdova (Espanha) engalana-se e leva as suas flores para a rua. Paredes brancas que...

Compras made in Baleares

Das Baleares não partimos apenas com paisagens na memória. Levamos, também, sandálias, cerâmicas e lembranças de um local cujo artesanato...

Ibiza e Formentera, pedalar contra os estereótipos

Além da diversão noturna e das enseadas idílicas, dignas do Instagram, Ibiza e Formentera apresentam-se para os amantes do cicloturismo...

Ilha de Lobos, minimalismo natural em Fuerteventura

Quatro quilómetros, nem uma estrada e apenas um restaurante. É assim este discreto ilhéu do arquipélago canário.

33 Habitantes, 30 mil livros

O viajante deixa um livro e leva outro. É a filosofia de Quintanalara, na província de Burgos. Um espaço cultural...