>>>A Guerra dos Tronos reconquista Espanha
Uma equipa de 400 pessoas mudou-se para Guipúzcoa para filmar as cenas no flysch da praia de Itzurun.

A Guerra dos Tronos reconquista Espanha

A série da HBO voltou a terras espanholas para filmar a sua sétima temporada. Será a penúltima e, como sempre, promete emoções fortes.
V

alar Morghulis” ou, dito por outras palavras, “todos os homens devem morrer”. E as boas séries também (por muito que nos doa). A HBO anunciou que a oitava temporada será a última da série de ficção que conseguiu que voltássemos a acreditar em dragões. Enquanto isso, os atores continuam a filmar a que será a penúltima entrega da saga. Sete capítulos que estrearão no verão de 2017.

Desta vez foi necessário atrasar a produção porque, como ouvimos desde a primeira temporada, winter is coming. A gravação das cenas exteriores, que antes tinha lugar nos meses de verão, começou em outubro. Espanha, Islândia e Irlanda do Norte são os cenários escolhidos para se continuar a batalha pelo Trono de Ferro.

A filmagem da série atrasou-se devido ao guião: era preciso filmar no inverno e no outono.
Foto: © 2016 Home Box Office, Inc. All rights reserved

Adeptos do Sevilla F.C

Durante a filmagem, o elenco foi convidado para o jogo de futebol do Sevilha contra o Barça no Sánchez Pizjuán. Aí, puderam ser vistos com o cachecol vermelho e branco do Sevilla F.C. Tyrion, Daenerys, Jaime e Theon, entre outros. A melhor maneira de enterrar o machado de guerra.

Entre as cidades escolhidas não estão Dubrovnik, nem Malta, nem Girona, por isso parece que o Desembarque do Rei volta a mudar de localização. Parece que a substituta será Cáceres. A cidade da Estremadura transformou o seu centro histórico antigo num estúdio de televisão para receber a equipa de filmagem. As suas ruas e edifícios medievais e renascentistas compõem um dos conjuntos urbanos mais bem preservados da Europa e são Património da Humanidade desde 1986. Pelo centro histórico antigo pode ver-se o ator James Faulkner, senhor da Casa Tarly na ficção, cuja visita coincidiu com o Mercado Medieval das Três Culturas. Um ambiente muito apropriado no qual o pai de Sam se sentiu como em casa. Até se atreveu a posar sentado, em cima de um unicórnio, para os seus seguidores do Twitter.

A menos de 30 quilómetros encontra-se o monumento natural de Los Barruecos, na Malpartida de Cáceres, outro dos lugares que poderemos ver na série inspirada dos livros de George R. R. Martin. A sua paisagem, de formações graníticas e lagoas, será o cenário de uma grande batalha. A pista foi dada pelo casting, que convocava homens musculados e de preferência com formação militar. As câmaras municipais de Cáceres e Malpartida de Cáceres uniram-se à de Trujillo, em cujo castelo Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau) filmou algumas cenas, para criar uma rota turística baseada na popular série.

No final da sexta temporada, Khaleesi inicia uma longa viagem. Os rumores apontam para uma das paragens ser em Santiponce (Sevilha), transformada em Poço dos Dragões.
Foto: © 2016 Home Box Office, Inc. All rights reserved

Nisto, os andaluzes são especialistas, pois voltaram a receber a equipa pelo terceiro ano consecutivo. O Real Alcázar de Sevilha aparecerá novamente no pequeno ecrã, como já tinha acontecido na quinta temporada, transformado nos Jardins de Água de Dorne. Acontecerá o mesmo com Las Reales Atarazanas, um edifício do século XIII, que na época se encarregou da construção de galeras para combater os muçulmanos do Norte de África.

As lendas sobre San Juan de Gaztelugatxe têm bruxas e piratas, mas não dragões. Em 1596 foi atacada pelo corsário Sir Francis Drake.
Foto: S.Robles via Visual Hunt

Outra das novidades será Santiponce, muito perto de Sevilha. Aí estão as ruínas de uma cidade romana fundada em 206 a. C., Itálica. É neste conjunto arqueológico, que os rumores situam Poço dos Dragões, um local que até agora não tinha aparecido na série e que poderia ser o destino da frota de Khaleesi.

O País Basco também se juntou à lista de destinos tocados pela varinha mágica de A Guerra dos Tronos. A praia de Muriola, conhecida como La Cantera e o flysch da praia de Itzurun, em Zumaia seduziram os criadores. Esta costa escarpada, rodeada por prados verdes, tem semelhanças com a paisagem das Ilhas do Ferro. As desventuras da Casa Greyjoy também poderiam ter lugar na ilhota de San Juan de Gaztelugatxe, na costa da Biscaia. Nesta situa-se a pequena ermida de San Juan, à qual se acede por uma estreita escada de 241 degraus. Ao chegar aí é tradição tocar à campainha três vezes e pedir um desejo. O nosso? Que nunca acabe A Guerra dos Tronos.

Artigos relacionados

Serra de Tramuntana, inspiração das alturas

Parece um sacrilégio falar de Maiorca sem mencionar as suas praias. Mas não é. A maior das Ilhas Baleares também...

Pátios de Córdova, a beleza do efémero

Quando chega o mês de maio, Córdova (Espanha) engalana-se e leva as suas flores para a rua. Paredes brancas que...

“Madrid está a ponto de viver uma nova ‘movida’”

Liam Aldous, jovem jornalista australiano, é um caça tendências sociais e culturais. Como correspondente em Espanha da revista Monocle está...

A cidade que “penteia” o Cantábrico

A Concha, os pintxos e Chillida. Traduzindo: o mar, a gastronomia e a cultura. O trio que melhor define San...