>>>De Istambul com amor

De Istambul com amor

É a única cidade do mundo com um pé na Ásia e outro na Europa. Quando se está no meio de duas culturas, não se pode ficar apenas com uma.
Com os seus edifícios neoclássicos de varandas alargadas, poderia ser uma qualquer cidade europeia. Mas basta olhar para o céu, decorado com os minaretes das mesquitas, para nos apercebermos que estamos em Istambul. As montras das lojas de luxo misturam-se com as salas de chá, onde os habitantes da cidade se sentam a fumar uma shisha e a observar as pessoas que passam.
No restaurante e salão de chá Malko, em pleno centro histórico, pode fazê-lo a um bom preço. O bairro Sultanahmet reúne os principais lugares turísticos: Santa Sofia, a Mesquita Azul, o Palácio de Topkapi.
SALT Galata

Turquia deliciosa

O doce mais típico de Istambul são os ‘lokum’, as delícias turcas, semelhantes a gomas feitas com calda de fruta, cuja receita tem mais de 200 anos. Pode encontrar estes doces em qualquer bazar, mas em Lokum Istanbul, em Beskitas, embrulham-nos como se fossem pequenos tesouros.

As paredes de Istambul são como um livro de História. Neste sítio você palmilha a antiga Constantinopla, a capital do Império Bizantino, conquistada depois pelo império otomano. Hoje, contudo, o verdadeiro combate trava-se no Grande Bazar, onde a capacidade dos compradores para regatear os preços enfrenta a dialética dos vendedores de tapetes e souvenires. No fim, os vendedores ganham quase sempre.
O Bazar das Especiarias é outro lugar onde se pode colocar em prática a arte de bem regatear os preços. Os sentidos quase bloqueiam perante tantos estímulos. Cores intensas, cheiros e sabores que se amontoam nas duas ruas ocupadas pelo mercado. O Bazar atrai os viajantes foodies de todo o mundo. Os gastrotours continuam a atravessar a ponte de Gálata para chegar ao mercado Karaköy, onde pode comprar peixe fresco ou degustá-lo em restaurantes como o Lokanta Maya, que abriu em 2010 durante a regeneração do bairro.
360 East Moda
A reconversão do bairro em destino hispter talvez tenha a ver com a proximidade do Beyoglu, o vizinho trendy por excelência. Neste bairro abriu a primeira loja Bilstore, uma concept store com roupa e acessórios de alta costura. Além disso é aqui que se agrupam as galerias de arte e cafés da moda. SALT Beyoglu e SALT Gálata são dois destes novos pontos de encontro para a juventude. Os dois espaços são livrarias que organizam exposições e projeções de filmes.
Delícias turcas e outros doces no Grande Bazar
Em contraste com a zona mais cosmopolita da cidade, escolhemos um lugar oriental e boémio para assistir ao pôr do sol sobre o skyline de Istambul. A esta hora do dia, do lado asiático, o porto de Üskudar enche-se de turistas e de locais que se acomodam sobre tapetes turcos e preparam os seus smartphones. A Torre de Leandro, flutuando no meio do Bósforo, é o pano de fundo do entardecer.
Porém, o lado asiático não conquista os visitantes apenas com o pôr-do-sol. Também consegue conquistá-los pelo estômago. No Çiya Sofrasi, em Kadiköy, a gastronomia tradicional turca é a protagonista. O 360 East Moda, o restaurante e discoteca do terraço do Hotel Hilton Doubletree, é o lugar certo para privar com o jet set da cidade. Do mesmo modo que Istambul, 360 East Moda tem também um pé na margem asiática do Bósforo e o outro na Europa. Em Beyoglu encontra o clube gémeo deste: o 360º Istambul.

Artigos relacionados

A torre dos dois mundos

A Torre de Leandro une, no rio Bósforo, a Ásia e a Europa. É um farol de lendas trágicas, onde...

Em câmara lenta

Encontre em Istambul o seu momento pessoal de satisfação: um cruzeiro pelo Bósforo, uma massagem no hamam ou um jantar...

Istambul é o check point onde a história e o mistério se encontram”.

Jornalista e apresentadora de televisão, Ece Üner, a nossa Passenger6A em Istambul, conta-nos como, apesar do ritmo moderno, do caos...

Bairros que ressuscitam

Pode um subúrbio marginal transformar-se no bairro mais ‘bonito’ da cidade? Nova Iorque, Barcelona, Hong Kong e Buenos Aires sabem...