>>>Festivais para alimentar o espírito

Festivais para alimentar o espírito

Às vezes o corpo (mas sobretudo o espírito) pede outro tipo de festa. Ocasiões em que a música alta é substituída pelo som da sua própria respiração.
L

ady Gaga pratica-o de fato de banho e numa prancha de paddle surf. Gisele Bündchen na praia, como se sabe pelo Instagram. Naomi Campbell no convés de um iate e Miranda Kerr nos aviões. O ioga é oficialmente uma religião e os mais devotos já não se conformam com os retiros espirituais: agora incluem também nas suas agendas os festivais.

A par com atividades relacionadas com o bem-estar pessoal, os festivais permitem ampliar as competências de qualquer praticante e focar a atenção no aproveitar do caminho. Retiros de meditação aprimorados, que incluem música, conferências e outras atividades para reunir pessoas com um objetivo em comum: encontrar o equilíbrio.

O Wanderlust cria uma experiência completa com um acampamento equipado para o relaxamento total dos iogues.
Foto: Julianne Lesinski

Equilíbrio sobre a água

Para os iogues mais especialistas, os festivais oferecem o Paddle Board Yoga ou SUP Yoga, uma modalidade na qual se praticam as posturas de Hatha Yoga sobre uma prancha de surf.

Wanderlust acaba de celebrar o seu quinto aniversário como maior organizador de eventos de estilo de vida iogue do mundo. Toda uma instituição criadora de experiências, que combinam a prática do ioga com o contacto com a natureza. A música é o ritmo do festival, onde muitas das sessões contam com a musica-ambiente de DJs e algumas meditações com música acústica ao vivo.

Localizado em sítios naturais, os participantes podem sair para caminhar ao entardecer, andar de bicicleta ou fazer meditação no meio da floresta. De 22 a 25 de junho, a próxima edição do festival celebra-se em Stratton (Vermont, Estados Unidos da América), uma oportunidade para perceber que o “verdadeiro norte” não é um destino final, mas um caminho, uma viagem para se conectar com o propósito da vida.

Grupo practicando yoga en Bali Spirit Festival
O Bali Spirit Festival veicula a corrente filosófica do Hinduísmo através do conceito do Tri Hita Karana.
Foto: Kari Heese

De 19 a 26 de março tem lugar o Bali Spirit Festival, baseado no conceito balinês do Tri Hita Karana, que significa viver em harmonia com o nosso ambiente espiritual, social e natural. Música ao vivo, atividades para crianças, meditação, seminários e ioga, muito ioga, num festival que celebra a procura holística do bem-estar.

Do mesmo género, ainda que mais urbano, The Groove Yoga Festival define-se a si mesmo como “uma celebração do movimento, da música e da comunidade”. Máxima que se materializa num festival itinerante, com edições por todo o mundo. Desde o Canadá até ao Nepal, a próxima edição celebrar-se-á em Hamburgo, de 20 a 22 de outubro. Necessita apenas de um tapete de ioga e de uma garrafa de água para fazer parte da comunidade.

Nos festivais para o espírito, o ioga é o motor da energia. Um lugar para se encontrar consigo mesmo, recarregar o corpo e a mente e conhecer pessoas com uma filosofia de vida semelhante à sua, inclusive alguma que se chame Lady Gaga.

Artigos relacionados

A ilha das igrejas de madeira

Os templos e casas de madeira da ilha de Kizhi, a norte do lago Onega, na Rússia, venceram a luta...

A melhor festa da terra

Uma vez por ano, metade do deserto sul-africano monta uma cidade efémera dedicada à arte e cuja única premissa é...

Um bosque de pedra

Se procura um lugar para se resguardar do sol não vá ao bosque de Shilin.

Piratas, caimões e outras histórias

As praias desvendam lendas de corsários e de tesouros e, uma vez por ano, as ruas enchem-se de bandeiras negras...