>>>Que a força te acompanhe nesta viagem

Que a força te acompanhe nesta viagem

Os efeitos especiais e as técnicas de animação digital foram essenciais para rodar os filmes de Star Wars, mas muitas cenas foram rodadas primeiro em cenários ‘terrestres’.
Do deserto à neve. Para recriar os diferentes planetas da saga A guerra das estrelas as equipas de rodagem percorreram a terra à procura das paragens mais radicais. As chamadas “casas trogloditas” de Matmata, em pleno deserto tunisino, eram, em A ameaça fantasma, o lar de Anakin Skywalker no planeta Tatooine. Ora, referimo-nos concretamente ao Hotel Sidi Driss. George Lucas já conhecia o lugar, uma vez que rodara ali parte de O império contra-ataca.
Junto ao lago Como, na Villa Balbaniello (Itália), tem lugar o enlace entre a rainha Amidala e Anakin Skywalker.

O universo Star Wars nos parques Disney

Agora que esta produtora cinematográfica é detentora dos direitos de Star Wars não podiam faltar nos seus parques as atrações relacionadas com os personagens principais e com os cenários da mítica saga galáctica. Deste modo os parques Disneylândia também serão palco dos filmes.

O deserto tunisino avermelhado tem pouco a ver com os lugares extremos e gélidos que circundam a antiga estação de comboio de Finse, na Noruega. Esta aldeia remota, situada entre Oslo e Bergen, fez as vezes do planeta gelado Hoth em O império contra-ataca. No inverno, as paisagens da zona, com bastantes graus abaixo de zero, foram perfeitas para a localização de uma das bases rebeldes.
Muito diferente é o lar dos ‘ewoks’. Os bosques de Sequoias do Parque Nacional Redwood, na Califórnia, foram perfeitos para recriar Endor, o frondoso planeta de O Regresso de Jedi. Em contraste com a frondosidade deste parque, também na Califórnia, está o Death Valley, um dos desertos mais áridos do planeta. Nesta depressão árida, com quase 200 quilómetros de comprimento, rodaram-se várias cenas de A ameaça fantasma. Neste filme, com a ajuda da infografia, a Praça de Espanha em Sevilha (Espanha) tornou-se na Theed, a capital do Reino Naboo. A forma semicircular e a riqueza ornamental da galeria desta praça é perfeitamente reconhecível em muitas cenas do filme. Por outro lado, para recriar o fogo interno constante do planeta Mustafar, que também aparece neste filme, foi necessário viajar até ao Etna, o vulcão mais ativo da Europa, na Sicília.
Uma erupção do Etna (Sicília, Itália) simula o planeta Mustafar em A ameaça fantasma.

E em 2018...

Para este ano está prevista a abertura do Lucas Museum of Narrative Art promovido pelo pai da série cinematográfica, George Lucas. O museu foi projetado pelo arquiteto chinês Ma Yansong e estará localizado em Chicago. A finalidade deste novo museu será difundir a arte narrativa e iconográfica do cineasta.

Em contraponto, Kashyyyk, o planeta natal de Chewbacca, surpreende em A vingança dos Sith pela beleza e exuberância das suas selvas tropicais, baías e ilhotas. Lugar tão idílico não podia ser outro que não o da ilha de Krabi, na Tailândia, um dos lugares prediletos para os que procuram paraísos no planeta Terra. Também exuberante é a selva de Tikkal, na Guatemala, onde se rodou parte de A guerra das estrelas. Cheio de templos maias antigos, o mesmo espaço repete-se no Episódio VII.
Não menos idílico é o lugar onde se localizou, no planeta Naboo, o casamento romântico da rainha Amidala e Anakin Skywalker, durante O ataque dos colonos. A cena foi rodada nos terraços da Villa de Balbaniello, ao lado do Lago di Como, em Itália. Por que, tal como o enredo dos filmes da saga, cheios de múltiplas referências literárias e históricas, embora o argumento decorra em planetas remotos também todos os cenários se podem encontrar na Terra.
Construção maia em Tikkal (Guatemála), marco de A Guerra das Estrelas e da nova entrega da série.

Artigos relacionados

Viajar a toda a cor

Na escola ensinam que a água é incolor, mas os lagos do vulcão Kelimutu vão fazê-lo duvidar seriamente dessa afirmação.

Viagem ao inferno

A depressão de Danakil, no Corno de África, é um dos pontos mais quentes do planeta. O local tem apenas...

Como entrar no seu filme preferido

Quer regressar ao futuro num DeLorean ou sucumbir ao poder da força no bar de Mos Eisley? Veja como e...

Venezas há muitas

Veneza encanta tanto que todos os países querem ter uma. China, Holanda ou México também têm a sua própria cidade...