>>>A última paisagem de The Renevant: O Renascido

A última paisagem de The Renevant: O Renascido

A rodagem demorou mais do que o previsto e a neve acabou por se derreter. Foi necessário viajar até ao “fim do mundo” para encontrar o local perfeito. Foi assim que chegaram a Ushuaia.
“Posso salientar 30 ou 40 sequências que foram das coisas mais difíceis que tive de fazer na minha vida”. Mergulhar num rio gelado ou dormir dentro do corpo de um animal morto são algumas dessas coisas. Para Leonardo DiCaprio o esforço foi recompensado na forma de um Óscar. No papel de Hugh Glass, o autor norte-americano é o protagonista do último êxito de Alejandro González Iñárritu. Trata-se de uma aventura épica, na qual a luta pela sobrevivência se impõe a todo o custo. Se há algo no filme capaz de roubar planos ao ator são os cenários nos quais a ação se desenrola.
“Vivia numa hipotermia constante”. Leonardo DiCaprio confessa que The Renevant: O Renascido foi a rodagem mais difícil da sua carreira.

Australis Kauyeken, acampamento base

Iñárritu e a sua equipa instalaram-se neste hotel situado na ladeira do Monte Olivia. Trata-se de um estabelecimento autossustentável, construído com materiais da região. É perfeito para escapar à azafama do dia a dia. Tem apenas sinal telefónico e não há internet. Está a 15 minutos do centro de esqui Cerro Castor.

A maioria desses cenários pertence a Kananaskis Country, um conjunto de parques rodeados pelas Montanhas Rochosas de Calgary (Canadá). Uma área extensa e selvagem, perfeita para imitar as terras virgens nas quais se aventuraram os “trapaceiros” do filme, em busca de peles. Iñárritu procurava o maior realismo possível. O realizador não queria usar cenários virtuais, nem efeitos especiais, e filmava apenas com luz natural. Isto provocou um atraso nos planos de rodagem porque havia dias em que apenas se conseguia trabalhar duas ou três horas. A natureza não entende nada sobre datas de realização e a paisagem nevada derreteu, obrigando a equipa a procurar uma alternativa. Encontraram-na a sul, em Ushuaia, o local mais austral do mundo, a 13 mil quilómetros de distância.
A Terra do Fogo, na Patagónia Argentina, de finais de junho até princípios de outubro, cobre-se de branco. A equipa mudou-se para a zona do Monte Olivia, o pico mais alto das montanhas de Ushuaia, onde rodaram as cenas que faltavam para terminar a longa-metragem. Glaciares, lagos e bosques formam um panorama tão selvagem como aquele que o personagem interpretado por Leonardo DiCaprio viveu. The Renevant: O Renascido passa-se em 1823, quando o oeste americano era ainda um território inexplorado pelos colonos. Embora a produção se tenha instalado no vale do Rio Olivia, também poderiam ter escolhido Andes, Fueguinos ou o Glaciar Martial, apenas a 4 quilómetros da cidade de Ushuaia. Toda a natureza que circunda esta cidade cumpre as exigências do guião: grandiosa e quase intocada pela mão do homem.
O Monte Olivia está situado a 1326 metros acima do nível do mar.

O ator viajante

Se gosta de viajar… seja ator. A Leonardo DiCaprio, a profissão de ator já o levou a percorrer meio mundo. Em A Praia conheceu as ilhas Phi Phi, na Tailândia. Diamantes de Sangue levou-o à África do Sul e a Moçambique, e com Origem viajou para Paris. Imaginamos que viajará de avião e não em algum transatlântico.

“O fim do mundo”, como é conhecida Ushuaia, por causa da sua proximidade à Antártida, é para o turismo de aventura um dos lugares mais atraentes da Patagónia. Navegar pelo Canal Beagle, para descobrir a Ilha dos Pássaros, a Ilha dos Lobos ou a ‘Pinguinera’ Ilha Matillo, é uma rota deslumbrante. Os aficionados do trekking preferem deixar-se perder no Parque Nacional de Tierra del Fuego. Os que procuram capturar, com a objetiva, a magia da paisagem dirigem-se aos Lagos Fagnano e Escondido. Quando já não há luz natural para tirar mais fotografias, sempre podem assistir ao The Renevant: O Renascido e continuar a desfrutar da paisagem no grande ecrã.
As colónias de pinguins ocupam a Ilha Martillo durante os meses de verão, de outubro a abril.

Artigos relacionados

Ushuaia , vamos até ao fim do mundo

Já não tem desculpa: pode cumprir a promessa de levar a sua cara-metade até Ushuaia, na Argentina, a cidade mais...

O gigante sagrado do México

A Peña de Bernal sempre atraiu as atenções, desde os dinossauros que a suportaram como vulcão, até aos indígenas e...

Ilha e hotel: dois em um

Se lhe contarmos que encontramos um resort de luxo com spa pensará que não é nada de novo. E se...

Psicanálise natural nos Alpes austríacos

O contacto com a natureza combate a depressão. Acaba de ser demonstrado cientificamente, mas há anos que os austríacos aplicam...